Featured Slider

Meu poema caramelo e um pedacinho da Tutu em Curitiba!



Como o tempo voa! Fazem exatamente três anos desde a primeira vez que mencionei a tutu aqui nesse post depois de ter esbarrado no trabalho deles em 2015 e finalmente ter comprado a minha primeira sapatilha três anos atrás. Nessa postagem eu mostrei a tutu caramelo que comprei e no final escrevi que se um dia tivesse a oportunidade de conhecer a linda cidade que é Curitiba, iria passar na lojinha para ver o cantinho deles na terra. 

E como em julho do ano passado minha família e eu acabamos fazendo uma viagem vapt-vupt para Curitiba, eu precisava aproveitar essa oportunidade para conhecer o espaço físico da Tutu! E por mais rápida que a viagem tenha sido, eu tive a chance de dar uma passadinha na loja deles para conhecer o cantinho lindo e a casa de cada sapatinho feito à mão da marca. Claro que levei minha câmera para registrar toda a doçura de lá.


O cantinho era uma fofura só. A decoração retrô e acolhedora fazia com que meus olhinhos são soubessem para onde olhar, era tudo tão gracioso e com um ar aconchegante. 


As moças que me atenderam foram super simpáticas! Gostaria de ter perguntado o nome delas, como costumo fazer, mas estava com tanta vergonha que troquei pouquíssimas palavrinhas. Era a minha primeira vez fotografando dentro de uma loja e eu estava muito, muito, muito nervosa e envergonhada. haha



Apesar de toda a vergonha, consegui apreciar os detalhes de cada cantinho e registrar um pouco. 
Eu saí de lá com brilho nos olhos.


Cada sapatinho da tutu sapatilhas é feito à mão com muita dedicação e carinho e a loja deles tinham lindas peças que foram usadas na decoração e que remetem a esse trabalho manual tão precioso 


A começar pela vitrine, cheia de passarinhos, galhos de árvores e com sapatinhos da tutu pendurados! Achei tão lindo, leve, como se contasse uma própria história de contos de fadas. Fiquei encantada...


Alguns detalhes da vitrine do lado de fora! A Tutu sempre pensa com muito carinho na composição de suas vitrines, eu adoro ver quando eles mudam pois sempre me surpreendo com a criatividade.


A caixinha cheia surpresa


Recebi um presente bem perto do natal, imaginem a minha felicidade quando uma caixa grande com o símbolo do laço da Tutu apareceu na minha casa e me fazendo dar pulinhos de alegria! Eu não imaginava o que estaria ali dentro e foi surpresa atrás de surpresa quando eu a abri e encontrei enfeites natalinos e gostosuras como marzipã (que comi pela primeira vez e amei muito) e candy cane. Pela primeira vez pude apreciar essas bengalinha doces, já que por aqui nunca encontrei, então quando vi essa delicinha eu já fiquei com vontade de preparar um chocolate quente e colocá-la na caneca.

Fiquei sem acreditar quando abri e vi que dentro da caixinha de sapato, havia o poema caramelo veg! Pois era o sapatinho que eu estava namorando desde que o vi pela primeira vez. Me senti tão, tão, tão sortuda. Dentro também havia essa mini caixinha fofa da foto que continha um envelope dentro selado com um adesivo com o laço simbolo da tutu e dentro do envelope havia uma cartinha escrita à mão para aquecer o coração. Quanto amor <3 


Meu poema caramelo veg



Infelizmente eu perdi todas as fotos que eu tirei quando recebi essa caixa tão linda e especial (mas mostrei nos stories quando a abri pela primeira vez!). Mas como não queria deixar passar em branco por aqui, peguei o meu poema para fotografar toda a meiguice dele outra vez. Ele não está novinho em folha, claro, já que me acompanhou em várias aventuras desde que o recebi e foi muito usado/amado. Mas continua lindo 




Sapatinho poema veg na cor caramelo que não só tem esse nome lindinho e que lhe representa muito bem, mas como também é um dos sapatos com modelagem mais graciosa que já vi. E se você o está achando familiar, isso é porque ele já fez uma pequena aparição aqui no twee pela primeira vez no post "um dia de outono em uma manhã de verão"




Esse sapatinho roubou o meu coração desde a primeira vez que vi ele no instagram da tutu, quando foi anunciado o seu lançamento (aliás a tutu está fazendo muitos lançamentos lindinhos recentemente!). Eu me apaixonei tanto pelo modelo, como a cor e até pelo nome que é todo poético.




Sem dúvidas o poema se tornou o meu sapato preferido da tutu, mesmo diante de tantos modelitos charmosos como o da bota retrô (que é de roubar corações), o boneca, sapatinho cool e a sapatilha bailarina. O modelo é tão singelo, mas tão delicado e único. Com um ar vintage, de outra época. 


A cor dele, caramelo, é uma minha cor preferida para usar nos pés. Amo muito, muito, muito! Eu não uso preto, então sapatos marrons ou caramelo são os costumo ter no meu guarda-roupa, junto com outros tons terrosos como vinho, verde musgo e poucos sapatinhos em tons pastel.


Ele é vegano! A cada a dia a Tutu anda fazendo mais sapatos veganos e o próprio modelo poema é um deles, com quatro cores no total: preto, antique, caramelo e escarlate disponíveis. Outro sapatinho vegano também da tutu que já apareceu várias vezes nas fotos daqui no twee é o cool antique veg.



No site eles possuem uma seção só de sapatos veganos com vinte e uma opções que você pode acessar clicando aqui


O caramelo é a cara do outono.  


 detalhe do cadarço de algodão 
 



Para quem ainda não conhece, Ateliê Tutu Sapatilhas é uma marca curitibana de sapatos feitos à mão com muito carinho e atenciosidade. Recentemente eles postaram um vídeo mostrando como são feitas as peças da tutu e é de encher os olhos, de tão lindo e único que é esse trabalho manual. Para assistir o vídeo dos bastidores é só clicar aqui.  Aliás, eles estão completando 8 anos de pura doçura e cheio de promoções e lançamentos na loja virtual e física para comemorar essa data especial.


Eu amo muito o meu poema caramelo, é o sapato mais delicado do meu guarda-roupa e acabei me empolgando com a quantidade de fotos, mas ele é tão lindo que não resisti, tirei muitas fotos mesmo e nem coube tudo no post haha







Meu coração ficou cheio de gratidão ao receber todo o amor dentro daquela caixa e sentir o carinho em cada detalhe. A cada passo que dou com meus sapatos da tutu meu coração faz tum-tum de ter nos meus pés companheiros tão perfeitos feitos cheios de carinho pelas mãos de pessoas talentosas.

Muito obrigada, Tutu.
 


Ps: os comentários fofos do post passado já foram respondidos (com um sorriso no rosto!). 

Bem-vinda, querida primavera


O equinócio da primavera acontece hoje, dia 23 de setembro, e para não deixar esse dia tão especial passar em branco por aqui, pensei em partilhar pequenos pedaços do dia em que encontrei flores, borboletas, gatinhos e saguis em uma das minhas explorações. Também achei que seria divertido responder as perguntas da tag que criei aqui, já que as estas podem ser respondidas sobre qualquer estação do ano. 

A primavera é muito querida para mim, nasci dois dias antes do equinócio (que no ano em que nasci, ocorreu no dia 22) e sou completamente apaixonada por flores, polinizadores e toda a beleza que esta estação carrega. Onde moro é verão o ano inteiro, não existe outono ou inverno, mas nos mês de setembro e os seguintes, eu sinto uma pequena mudança no ar e nos arredores graças as pequenas flores que começam a surgir e também com a minha combinação preferida de tempo: gotas de chuva e raios de sol.  São mudanças singelas, mas que me trazem alegria.


Eu e o meu pai fomos no dia dessas fotos no parque zoobotânico da cidade, o único local por aqui em que é possível caminhar nas trilhas e se perder um pouco na natureza. Como de costume, eu sempre carrego uma fruta comigo para poder alimentar saguis que encontro aleatoriamente nas árvores por lá. Nesse dia eu estava com uma banana pequena dentro da minha mochila e, como sempre, eu queria muito ter levado mais de uma, pois sempre aparecem mais saguis do que eu posso alimentar e eu dou o meu melhor para dividir os pedacinhos entre eles. 

{Bússola} se a primavera fosse uma moradia, qual ela seria? 

Uma casinha cottage com um grande jardim florido e ao redor haveria campos com flores silvestres.

{Lupa} o que você acha que as fadas da primavera fazem na estação?  

Dão aula de canto aos passarinhos 
Ajudam os botões de flores a desabrocharem
Sussurram nos ouvidos dos beija-flores dando as direções de quais flores encontrar




{Palavras} cite uma das suas citações preferidas lhe lembra a primavera:

"My favorite weather is bird-chirping weather." –Terri Guillemets.

Essa é uma nova pergunta que eu decidi acrescentar, pois estava sentindo falta. Também adicionei a citação de outono e você pode conferir aqui no post com as respostas de outono.

{Dó ré mi} Cite uma música e instrumentos que te lembram a estação.

Harpa, lira, kalimba, xilofone, flauta... alguns dos meus instrumentos preferidos!

A parte mais difícil é sempre citar uma música, pois sempre lembro de mil canções e eu tento escolher apenas uma. Dessa vez não consegui me conter então vou listar duas, mas a vontade era de criar uma playlist haha

x Dream a little dream of me -  o cover da Pink Martini com The von trapps
x Life is Rosy - Jess Penner 


eu tinha visto um sagui e estava apontando para o meu pai olhar quando ele tirou esta foto. 

A primeira vez que alimentei saguis foi há quatro anos atrás, no meu aniversário de 15 anos. Eu e a minha família tínhamos ido até o parque zoobotânico fazer um mini piquenique e levamos muitas frutas. Na volta eu vi um sagui no bambu e pensei em oferecer o pêssego que eu ia comer andando, ele aceitou e chamou outros que logo se aproximaram. Eu fiquei dando pedacinho por pedacinho do pêssego tão docinho e foi um dos momentos mais lindos que já vivi. Depois um garotinho se aproximou e eu dividi o pêssego com ele para que ele pudesse alimentá-los também. Foi tão mágico! Apesar disso, não virou uma mini tradição alimentar saguis, pois nos anos seguintes eu não dei sorte de encontrá-los. Felizmente hoje eu sei de olhos fechados os locais em que os saguis costumam ficar escondidos. hihi 

{Feche os olhos} se a primavera fosse uma pessoa, como esta seria? 

Seria alguém curiosa, cheia de cor e vida. Com voz calma e suave, leve como o vento. Teria bochechas rosadas de tanto correr e um sorriso tão alegre quanto o sol. Seria alguém amigável e sonhadora e teria cheirinho de flores e de capim limão. 

{Mapa} o que você levaria na sua mochila para passear durante uma manhã na primavera e para onde iria?

Sketchbook, giz de cera, lápis aquareláveis, um pacotinho com sementes e binócolus. Iria para um jardim apreciar as flores e os polinizadores e no caminho plantaria algumas sementes. Chegando lá, desenharia a beleza ao meu redor e ficaria sentada em um banco observando os passarinhos. 

{Dicionário} cite algumas palavas que te lembram a primavera. 

Groselha, leve, shortcake, chá, brisa, doce, suave...



Peek-a-boo! Eu estava apreciando as plantinhas que crescem em cima desta pequena casinha, quando um gatinho foi me espiar. Há alguns anos atrás eu encontrei neste mesmo local (embaixo da casinha) uma mamãe alimentando um gatinho e foi uma das cenas mais lindas que já vi. Tirei uma foto do pequeno quando ele foi tirar uma soneca. Fiquei me perguntando se seria este o mesmo gatinho que vi em 2016.  

{Giz de cera} cite cores que te lembram a estação e dê nomes para elas

polén, confetti, erva-doce, vanilla,  forget-me-not,  puff e gota de orvalho.


{Pegadas} quais animais te lembram a primavera? 

Coelhos, pássaros, borboletas, abelhas, joaninhas, ovelhas e lhamas.


{Guarda-roupa} o que você teria em seu guarda-roupa de primavera?

Jardineiras em verde, rosa pêssego e azul claro (ou erva-doce, vanilla, forget-me-not haha). Shorts com suspensórios, blusas e vestidos floridos. Meia calça fina com estampa botânica ou uma floral delicada. Estampa de plantinhas, poá e renda. E um oxford floral. Sim, seria um guarda-roupa muito colorido e cheio de flores. 


Eu tive a imensa sorte de encontrar pela primeira vez essas pequenas flores que sempre amei e apreciei de longe (por fotos) em um cantinho escondido que eu encontrei por acaso. Quando as vi, eu mal pude acreditar! Eu fiquei tão, mas tão contente em poder ver elas de pertinho! Essa pequena borboleta apareceu logo em seguida e estava tão alegre como eu, indo de uma flor para outra. Hoje para celebrar o equinócio da primavera eu pretendo ir vê-las de novo, admirá-las de pertinho e capturar momentos mágicos com as abelhinhas e borboletinhas que as visitam. 

{Pirlimpimpim} se pudesse criar um feitiço de primavera, qual nome este teria e o que ele faria?

Fleurili - faria flores surgirem no chão ao meu redor, assim eu iria ter um jardim onde quer que fosse ♡ 

{Biblioteca} cite um livro cuja a capa e algum pedaço da história te lembre a primavera:

Ah impossível o primeiro livro que me vem a mente não ser "O Jardim Secreto" da Frances Hodgson. Um dos meus livros preferidos! A cena em que ela encontra a chave com a ajuda do passário robin e, claro, o momento em que ela abre a porta e vê o jardim pela primeira vez. 




{Vela} quais cheiros te lembram a primavera?

Cítricos, florais e doces. Capim Limão, lavanda, rosas, chuva e bolinho de laranja assando no forno. 

{Cesta de palha} cite três coisas que você levaria para um piquenique de primavera.

Salada de frutas, pão caseiro de cenoura e patê de alho poró, muffin de amora com limão e chá gelado de frutas vermelhas.


Bom, agora eu pretendo fazer essa tag das estações nos solstícios! 

Espero que tenham gostado desse pot-pourri primaveril todo bagunçado.

Obrigada pelos comentários fofos. O próximo post sairá em um sábado, dia 12 de outubro.