Biblioteca: o amado Winnie-the-pooh


Não poderia deixar de trazer um dos livros com a história e os personagens mais queridos da minha infância para a recente Biblioteca Secreta do twee, ainda mais tendo essa edição antiga tão lindinha nas minhas prateleiras. Imagino que o famoso ursinho Pooh tenha feito parte da infância de muitas pessoas, mas não se enganem, não é um livro apenas para crianças, e sim uma obra que acalanta o coração de todos com sensibilidade.  

Sempre procuro por edições charmosas dos livros dos meus autores preferidos da Estante Virtual, um ótimo sebo online, e foi em uma dessas pesquisas esporádicas que eu encontrei esse tesouro, o primeiro livro da série escrita por A.A Milne e ilustrado e colorido por E.H Sherpard. Edição em inglês, em capa dura revestida em tecido, com o desenho em dourado de uma cena da história entre o Christopher Robin e Pooh, os melhores amigos da história. Muito bem preservada e cuidada, até mesmo a sobrecapa que apenas apresenta sinais de uso nas quinas, considerando que a edição é de 1973.  


Achei por sorte do acaso, esta edição por 40 reais na Estante Virtual enquanto estava em Curitiba viajando, pois o vendedor tinha finalmente me respondido e me mandado fotos e vídeos do livro.  Fiquei encantada e comprei com uma imensa alegria. Meu coração, sempre tão triste em deixar os lindos locais que conheci na viagem, teve o conforto de saber que ao chegar em casa eu teria além dos meus gatinhos para abraçar, esse livro tão esperado para ler e devorar!




Na introdução, descobrimos a origem do nome do tão adorado urso de pelúcia, que antes se chamava Edward Bear. O livro começa com o A.A Milne contando histórias para o seu pequeno filho Christopher Robin, a pedido dele, sobre o Winnie-the-Pooh, o ursinho que seu filho leva para todos os cantos, pois o Pooh gostaria de escutá-las e o Christopher Robin sempre se esquece de como as histórias terminaram. São simples aventuras centradas no dia-a-dia da dos habitantes da floresta.


Nos capítulos iniciais são introduzidos os personagens e cada um te cativa de uma maneira ou de outra, com suas personalidades tão diferentes, tornando as interações entre cada muito divertidas! Primeiro conheceremos o Pooh, em seguida o Christopher Robin, Rabbit, depois todos os amigos e parentes do Rabbit, em seguida o Piglet, o Eeyore, finalmente o Owl e por último Kanga and Roo.  


A folha de guarda é o mapa da floresta e está escrito a baixo dela que foi desenhado pelo Christopher Robin com a ajuda do E.H Shepard. No mapa é possível ver onde cada personagem mora. Durante o livro inteiro há pequenos detalhes como letra de criança, palavras grandes e "difíceis" com erros de escrita, letras "comidas" e outras trocadas, dando um toque infantil e a impressão que o Christopher que escreveu as palavras. Muito fofo esse detalhe!


Os personagens com as carinhas originais (não que eu desgoste as estilizadas pela disney) são ainda mais fofos, eles foram ilustrados pelo grande amigo do A.A Milne, o E.H Shepard. Os traços mais rabiscados e fluídos, dando mais vida e movimento aos personagens e que combinam perfeitamente com toda a atmosfera do livro infantil, uma baguncinha linda. As ilustrações coloridas (apesar das não coloridas terem a sua própria beleza) deixam a história ainda mais viva e alegre. 


O livro é composto por dez capítulos, cada capítulo é uma pequena aventura que começa por alguma razão, seja ela boba ou não, mas os motivos singelos acabam tornando proporções maiores, como um aniversário esquecido, uma chuva forte e longa que inunda a floresta, ou quando o pooh tentou pegar mel da colmeia no topo da árvore, ou a vez que o pooh foi visitar a toca do coelho e ficou preso na saída, a chegada de Kanga e Roo, entre outros. 


Nesse livro Kanga e Roo vão morar na floresta e apenas no próximo livro que o Tigrão irá aparecer. Aliás, é no livro seguinte que há um  final mais tristonho, mas isso fica para um post futuro! Na ordem, todos os livros da série são: Winnie-the-pooh, The House at Pooh Corner,  When We Were Very Young, Now We Are Six. 


O livro veio com um fator de ternura a mais: uma dedicatória escrita pelos avós de um menininho, chamado Malcom, a quem esse livro foi presenteado em seu aniversário de 7 anos. Impossível não ficar imaginando a história desse livro, que foi pensado com muito carinho pelos avós e dado como presente para o neto. Onde será que eles moravam? Os avós tinham o costume de dar livros nos aniversários do neto? Quantos anos ele tem hoje? Como esse livro foi parar no sebo?   

 
A única avaria que encontrei no livro inteiro foi a manchinha de tempo da página acima, mas ela é em um tom tão lindinho, como se fosse mancha de gotas de mel, que adicionaram mais vida  e singulariedade para o livro, como se fizesse parte da história e das ilustrações.  


Eu li o livro com um sorriso no rosto, as aventuras são bobas — no melhor sentido da palavra — e divertidas, é o tipo de livro que deixa o coração aquecido! As ilustrações do E.H Shepard são tão incríveis que contam uma história por si só, não consigo imaginar como seria o livro sem o traço do Shepard enfeitando as páginas.




Eu fotografei o livro no mesmo dia que fiz uma "tea party" com os stroopwafles que experimentei pela primeira vez. Escrevi um post aqui no twee que está recheado de informações e fotografias dessa gostosura. Como eu queria agora esse biscoito holandês bem quentinho! 




Um livro lindo de uma história querida com personagens amados por mim desde a minha infância, esta é uma história que vai ter sempre um lugar especial no meu coração. O livro é muito leve e te deixa sorrindo do início ao fim.  




Eu cresci encantada com o universo do Winnie the Pooh, desde criança os personagens estiveram presentes na minha vida, antes mesmo de um ano de idade, não só através dos filmes que eu assistia constantemente, mas também através de objetos afetivos: o pooh de pelúcia gigante em comparação ao meu tamanho de bebê, o meu patinete preferido que eu escolhi quando tinha sete anos, entre outros. Até hoje se os filmes estiverem passando na tv, eu sempre paro para assistir nem que seja só um pedacinho (e às vezes acabo assistindo o filme inteiro), é tão cativante. 



Fim









Muito obrigada pelos comentários fofos no último post! 
Respondi todos eles com um sorriso no rosto ♡


12 comentários

  1. Oi Mel!

    Que saudade que eu tava das suas postagens! Aww adorei sua foto pequenininha ♥ Suas outras fotos ficaram incríveis também! E fiquei babando com os stroopwafles, yummy!

    Bom Maio pra você ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii chuchu!!
      É sempre uma alegria te ver por aqui, você é sempre tão gentil em deixar palavras que deixam o coração quentinho, obrigada de verdade :)
      Haha eu tenho muito carinho por essa foto, minha pancinha era tão grande quanto a do Pooh!

      Awn! Muito obrigada pelo carinho de hoje e de sempre.
      Um maio lindo para você também ♡

      Excluir
  2. Eu amei saber que essa versão chegou até você! Que lindo livro! Não conheço a história do ursinho muito bem, me lembro apenas dos desenhos, mas agora fiquei curiosa e com vontade de ter um livro! Adorei as fotos e relatos! 😍

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada! É tão maravilhoso pensar que esse livrou passou por tantas outras mãos e foi lido por outros olhos antes de chegar até mim, uma das magias de sebos ♡
      Aposto que você iria adorar conhecer mais a fundo a história, espero que você tenha a chance de ler os livros no futuro, não irá se decepcionar!
      Awn fico muito feliz em saber que você gostou, muito obrigada pelo comentário fofo!

      Excluir
  3. Hi, Mel. I found your lovely blog through your instagram and I just read almost all of your posts with the help of the translator) and I'm in love! What a beautiful little internet corner you have here. The name "twee", the photos you took, your writing style... everything is just delightful.
    Can't wait to read all the future posts you will make!

    Sending love from Belgium ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, that's so kind of you to say! Thank you so much for taking your time to leave these lovely words by commenting. I'm so happy to hear that you enjoyed reading my blog posts, Margaux. This means a lot to me, you made my day :)
      Thank you again ♡ Hope you have a wonderful month ahead!

      Excluir
  4. Realmente o livro é um verdadeiro tesouro, não encontramos edições assim nas livrarias hoje e nem nas bibliotecas.
    Não conhecia a Estante Virtual, já passarei a comprar os meus livros por lá.
    Suas fotos estão lindas como nunca! Amo acompanhar você.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certamente uma das vantagens de sebos é ir à caça a tesouros como esses, existem tantas edições lindas no mundo e a maioria se encontra em sebos. :)
      Adorei saber que você descobriu a estante virtual através desse post, espero que você encontre muitas preciosidades e leituras futuras maravilhosas.

      Poxa! Muito obrigada pelo carinho, você me fez sorrir.
      Fiquei muito feliz em ler isso. ♥

      Excluir
  5. Querida Mel.
    Mais uma vez o seu blog veio me trazer muito acalento e um quentinho no coração!
    Esse livro, achei muito lindo, sempre que eu pensar no Ursinho Pooh, lembrarei de ti.
    Um abraço.

    Lala 🌼

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lala, você não imagina a minha alegria de encontras as suas doces palavras aqui no twee...
      elas são como um abraço na alma e são mais doces do que geleia de amora!
      Vou guardar elas bem pertinho do meu coração, chuchu :)
      Muito obrigada pelo carinho, é tão lindo ser lembrada por aquilo que amamos...

      Um abradeço beem apertado e carinhoso em ti ♥

      Excluir
  6. Estou encantada com seu blog 💚💚💚

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que alegria ler isso!! Fico muito feliz, de verdade.
      Obrigada por deixar esse comentário fofo, ele me fez sorrir ♡

      Excluir

Deixe um comentário, eu irei adorar saber a sua opinião sobre o post!

* Não é preciso ter um blog ou uma conta para comentar não, viu?

♥ Clique na caixinha "Notifique-me" ali do canto caso queira saber qual foi minha resposta para o seu comentário.